• Daisy Viola; Mulher-casca de vermelho, 2006; Móbile - pintura acrílica e colagem sobre corpo de papel e tecido, 150x80 cm

 

Vernissage Sérgio Barcellos – Alquimia – 14/09/2019

“Cor, ou não?”+ Eliane Santos Rocha + Gustavo Giacoboni + Olindo Pozzobon

 

A abertura da exposição “Cor, ou não?” reuniu um grande grupo de amigos e artistas no dia 23 de agosto de 2019. Além de um novo recorte no acervo da Galeria Duque, que apresentou obras  importantes recentemente adquiridas, como a natureza morta de Alberto da Veiga Guignard, e as esculturas de Salvador Dalí e Fernando Botero, a abertura contou também com as individuais de dois artistas que produzem e vivem em Porto Alegre. Eliane Santos Rocha, a premiada gravurista gaúcha trouxe a delicadeza de suas mini gravuras em metal, técnica que domina com absoluto domínio técnico e formal. Gustavo Giacoboni,  jovem e promissor talento que vem se destacando com suas pinturas abstratas e elipses em grande formato trouxe trabalhos especialmente criados para essa exposição. E a homenagem póstuma dos familiares ao centenário de Olindo Pozzobon, pintor autodidata que deixou gravado em suas telas o casario e as pontes de Treviso e Veneza, memórias da região do Vêneto, origens de um imigrante italiano que fixou residência e criou família no RS.

No sábado, 1º de junho, a Galeria Duque reuniu um grande número de amigos e artistas em torno da obra de Danúbio Gonçalves, um dos grandes nomes da gravura e pintura do RS e um dos mais importantes professores de arte do sul  recentemente falecido.

A mostra reuniu desenhos, gravuras e pinturas produzidas ao longo de mais de 70 anos de trabalho dedicado às artes. Danúbio Gonçalves foi um dos fundadores dos Clubes de Gravura, em Bagé e Porto Alegre, revelando em sofisticadas gravuras a dureza da lida do homem do campo, de mineiros, xarqueadores e zorreiros. A exposição traz também  obras de Glenio Bianchetti, Carlos Scliar e Glauco Rodrigues, contemporâneos do Clube de Bagé e que agora já fazem parte da história da arte no RS.

A exposicão permanece aberta para visitação até o dia

27 de julho próximo.

No dia 29 de abril, ocorreu na Galeria Duque a primeira aula do Curso de História da Arte Ocidental, ministrada por Mônica Sofia e em parceria com a Krapok – Escola de Arte. O curso continuará todas as segundas-feiras as 14h.


 

Sábado, dia 22 de Setembro de 2018, tivemos o vernissage das exposições “Figura” com obras do acervo da Galeria e curadoria de Daisy Viola, “Fragmentos Cromáticos” obras de Marcelo Pferscher e curadoria de Daniela Giovana Corso e ” Descoladas” obras de Márcia Baroni com curadoria de Alexandre Böer.

No sábado dia 15/09/2018 tivemos o prazer de receber o curso Educando com Arte da Acrilex.

Gostaríamos de agradecer à professora Priscila, a Tatiana da Acrilex e especialmente a Acrilex pela oportunidade.

Agradecemos também as escolas que enviaram seus professores.

As oficinas foram gratuitas e todos os  participantes receberam o manual para educadores Artístico patrocinado pela Acrilex.

Mesmo com chuva o evento foi um sucesso.

Livro de pano

Convite – Convocatória

O nosso objetivo é construir uma biblioteca temporária e portátil de Livros de Pano (tecidos). Considerando o livro como objeto de arte, um objeto de afeto, suporte de ideias e usando linguagens livres com Fios (fibra fiada ou fibra natural), Panos (fio tramado/tecido), ou feltros.

Cada artista poderá apresentar um livro individual que contenha no conteúdo um fio condutor coerente com o seu processo artístico individual (não seja uma simples amostra de técnicas), uma escrita simbólica com fio e/ou pano. Com formato Livre e Dimensão máxima tamanho A3.

Deverá ser possível ao publico manusear o livro durante o período da exposição.

Poderão participar artistas visuais, residentes em todo o território nacional, brasileiros ou estrangeiros legalmente residentes no país.

O presente convite visa apenas à exposição das obras enviadas, desobrigando aos organizadores de qualquer pagamento, cachê ou premiação aos participantes, bem como, qualquer intermediação de comercialização das obras.

Todas as obras regularmente inscritas participarão da mostra, desde que de acordo com os propósitos deste convite e objetivos da temática.

Exposição em 27/10/2018 na Galeria Duque, R. Duque de Caxias 649, B. Centro Histórico, POA, RS.

CRONOGRAMA

As inscrições são gratuitas e estarão abertas de 15 de agosto a 15 de outubro de 2018, pelo e-mail livrodepano2018@gmail.com

O envio da obra até 20/10/2018 em envelope lacrado, para a Galeria e espaço cultural Duque (R. Duque de Caxias, nº 649 – Bairro Centro histórico – Porto Alegre/ RS – CEP: 94035-270), sob duas formas:

a. Pessoalmente: protocolando envelope na Galeria e espaço cultural Duque (R.). Duque de Caxias, nº 649 – Bairro Centro histórico – Porto Alegre/ RS, de segunda a sexta-feira, das 11h às 18h, e sábado das 11 h às 16 h.

b. Pelo correio: enviando envelope por Sedex ao endereço da Galeria.

EXIGÊNCIAS

O envelope lacrado e identificado deverá conter:

a. Uma obra sob o conceito de Livro de Artista, com as dimensões máximas de tamanho A3, pronta para exposição e devidamente identificada em seu verso.

b. Ficha de inscrição preenchida.

c. Cópia de RG, CPF.

Caso o artista manifeste interesse na devolução da obra pelo correio após a exposição, este deverá enviar junto com a inscrição e a obra, envelope selado e taxa de postagem paga relativa ao peso, identificado com endereço para devolução junto à empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT.

Ao enviar sua proposta o artista deverá enviar texto com sua assinatura concordando em não fazer cobranças legais ou judiciais nem no período da realização nem em período posterior a realização da exposição – biblioteca.

Na ausência deste item na sua inscrição, a proposta será automaticamente de desconsiderada.

DESCLASSIFICAÇÃO

– Serão desclassificadas obras que excederem as dimensões estabelecidas e que não estiverem de acordo com o conceito de Livro de pano já definido.

– Obras realizadas com materiais que prejudiquem e/ou comprometam a integridade física do local e/ou público em geral, bem como, aqueles que não se encaixem aos parâmetros de classificação livre, considerando que o espaço é aberto a visitação pública para todas as idades.

– Obras que contiverem intenção ou material que nitidamente expresse preconceito e desrespeito aos direitos humanos de qualquer natureza (raciais, religiosos, políticos, etc.).

DO ENVIO, MONTAGEM, EXPOSIÇÃO E RETIRADA DAS OBRAS.

Cabe aos organizadores a responsabilidades de montagem da exposição, e sua divulgação na imprensa e outros meios audiovisuais e eletrônicos (web e e-mail).

Cabe aos artistas a responsabilidade total sobre as providências e despesas referentes a correio, transportadoras, seguro, documentos oficiais que porventura se façam necessários, embalagem para o envio e devolução da obra.

A organização se isenta de responsabilidade por eventuais danos ocasionados às obras no envio (correio, transportadora, etc.) causado por embalagens inadequadas, bem como no período da exposição.

O período de visitação da exposição será de 27 de outubro a 17 de novembro de 2018, das 11h às 18h.

Os trabalhos que fazem parte da exposição não poderão ser retirados antes do seu encerramento.

Após 24 de novembro de 2018 a organização estará isenta de responsabilidade sobre obras não retiradas e nos casos em que os artistas não enviaram na inscrição envelope selado para devolução das obras, podendo dar-lhes o destino que lhe convier.

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Ao efetuarem a inscrição os artistas automaticamente autorizam aos organizadores a reproduzir as imagens e informações técnicas dos trabalhos para divulgação na imprensa, em catálogos, postais, livros e outros impressos, audiovisuais e meios eletrônicos (web e e-mail).

Os artistas responsabilizam-se pelos direitos autorais de imagens de terceiros, bem como, o uso de livros alterados apropriados, que porventura venham a utilizar.

Inscrição até 15/10/2018, pelo e-mail livrodepano2018@gmail.com

Envio da obra até 20/10/2018

Sábado dia 14/07/2018 aqui Galeria Duque tivemos a abertura das exposições “Entrelaçamento” com obras do acervo da Galeria, “Flâmeos” do Coletivo Tramando Arte, “Fio Condutor” da Tereza Albano e “Sou Eu” de Lílian Manfroi.

Curso de História da Arte com a pesquisadora e artista visual Mônica Sofia.

Dia 23/06 das 13h30min às 16h30min

Hibridismo na Arte 

A inter-relação entre as diferentes linguagens da arte

 

Dia 14/07 das 13h30min às 16h30min

História da Fotografia

 

Sábado dia 09/06/2018, a Galeria Duque foi palco para o segundo desfile da artista Rosane Morais, Arte Vestível no Tapete 2.

Pla (e) nos de cor e gesto

Representação – Gesto – Cor – Liberdade – Expressão

 

Em outras épocas, observando os desenhos na arte cerâmica e outros utensílios de nossos antepassados, percebemos que o homem exprimia seu pensamento com traços, combinações repetidas e desenhos geométricos, que para ele simbolizava algo. Depois, os artistas foram desenvolvendo o interesse por representar o mundo visível, imitando a natureza, e durante séculos, este sistema foi sendo aperfeiçoado e adotado principalmente na Arte Ocidental. Esculturas, pinturas e gravuras, deviam ser imagens da realidade.

No século XX, por uma série de razões históricas e estéticas, principalmente a partir da descoberta da fotografia, alguns artistas romperam com o passado de arte figurativa, propondo uma nova maneira de representação, com o desejo de uma linguagem de comunicação universal, com autonomia da arte em relação ao mundo exterior. A partir de então, se utiliza das relações formais entre cores, linhas e superfícies, para produzir a realidade da obra. Movimentos desse século passam a conceder valor à subjetividade, admitindo distorções de forma numa arte imaginária, inspirada no instinto, no inconsciente e na intuição.

O jogo entre formas orgânicas, cores, linhas, volumes e materialidades transformam manchas de cor, linhas e matérias, em ideais e simbolismos subjetivos, valorizando assim, a liberdade criadora que possibilita uma expressão subjetiva e ilógica nas artes, pesquisa estética e de renovação das formas de expressão.

A Galeria Duque mostra nesta exposição, um recorte de seu acervo que exemplifica, principalmente em obras de artistas brasileiros, esta evolução criadora na arte do século XX.

 

Daisy Viola

Artista plástica

Instrutora de arte no Atelier Livre Xico Stockinger da PMPA

Curadora desta exposição

 

No dia 18/04/2018 tivemos o prazer de receber os alunos do Projeto Pescar do Ministério Público do Trabalho para vista guiada.

O Projeto Pescar tem como missão promover oportunidades de desenvolvimento pessoal, cidadania e iniciação profissional para jovens,

por meio de parcerias com empresas e organizações.

Curso com início no dia 09/04/2018, com aprendizado de técnicas e métodos de ensino utilizados na Central Saint Martins, universidade mais tradicional do mundo da moda.

Os alunos matriculados estão adorando o curso.

O curso ocorre toda segunda e sexta-feira de 09/04/2018 a 27/04/2018, das 14h às 17h.

 

Nos sentimos honrados em poder sediar um curso como esse, curso de Historia da Arte: Conceitos de Vazio/MA, promovido pela Escola KrapoK, com quem temos uma ótima parceria.
Agradecemos a professora, aos alunos e como espaço cultural incentivamos sempre estas praticas

 

Queremos agradecer as professoras Lizane, Aline, Clarissa, Flaviane, Circe e Mirian, aos alunos dos nonos anos e primeiro ano do Colégio Ulbra São Pedro de Cachoeira do Sul- RS pela visita, por ensinar e buscar arte, pelo interesse a cultura e pela escolha do nosso espaço. Serão sempre bem vindos. Nós como espaço cultural apoiamos e compartilhamos este tipo de iniciativa.

 

A Vernissage das exposições “Itinerário do Desejo” e ” O Visitante” foi um SUCESSO!!!!!
Gostaríamos de agradecer imensamente a todos que nos prestigiaram no sábado 21/10/2017.
Agradecemos em especial aos artistas convidados João Luiz Roth, sua curadora Désirée Motta Roth, Marta Dischinger e sua curadora Ester Meyer.

| EDUCANDO COM ARTE | 29 e 30 de Setembro de 2017
A Galeria Duque como espaço Cultural se sente honrada em poder sediar esse evento.
Agradecemos a todos as professoras e arte pedagogas que vieram de Xangrilá, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Capão da Canoas, Guaíba, Canoas, Gravataí, Cachoeirinha e Porto Alegre para participar desse maravilhoso curso e lançamento do volume 08 do Manual para EDUCADORES patrocinado pela Acrilex.
O curso foi com a Arte Pedagoga Glória Tommasi uma das autoras do Manual de são Paulo..
Agradecemos a professora Glória Tommasi e a Tatiana que viram especialmente fazer esse evento.

Neste mês de Setembro,  a Acrilex estará proporcionando inteiramente grátis,  um curso para professores de educação infantil, fundamental I, artes e coordenadores.

O curso acontece na Galeria Espaço Cultural Duque, nos dias 29/09/2017, das 18h e 30m às 21h e 30m, e no dia 30/09/2017, das 9h às 12h.

Mais informações e inscrições através dos telefones (51) 3221 6704 e 3237 1544, ou pelo telefone que consta no folder em anexo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXPOSIÇÃO  ” MESTRES DA ARTE BRASILEIRA ” –

CASA DAS ARTES  “REGINA SIMONIS” em SANTA CRUZ DO SUL

 

 

 

 

 

 

Mail galeria 2017

 

        Escola  de  Fotografia  Artística  inaugura   exposição

    ”  Desafios do Olhar ”  de 19/01/2017  à  19/02/2017

No dia 19 de janeiro, a Escola de Fotografia Artística celebrou a formatura de suas primeiras turmas do Curso Profissionalizante de Fotografia Artística com a abertura da exposição ” Desafios do Olhar”.  Em cada uma das obras, que concretizam o trabalho de um ano e meio de curso, os 15 artistas transformam suas angústias, anseios, reflexões e opiniões em arte.

Artistas expositores : Martha Reichel, Monique Burigo, Heloísa Medeiros, Rita Costa, Emílio Speck, Karla Santos, Lucca Curtolo, Maurício Mendes, Esa Guedes, Louise Soares, Luize Zanini, Berenice Fischer, Beta Iribarrem, Leonardo Neumann e Lizandra Caon.

 

ACRILEX – Tintas Especiais” patrocinadora do curso “EDUCANDO COM ARTE” , ministrado pela professora IVETE RAFFA , arte-pedagoga de SP.
Foram distribuídos aos professores participantes o ” Manual Artístico para Educadores Volume7″ , ferramenta tão importante no cotidiano do educador.
Foi um Sucesso Total!!
As duas turmas obtiveram total aproveitamento do curso, que uniu a teoria e prática com oficinas e técnicas inovadoras para o desenvolvimento dos seus projetos pedagógicos.

 

 

 

 

 

Agradecemos aos participantes do Coral do Hospital de Clínicas de Porto Alegre que tornaram nossa noite mais divertida e agradável na abertura da ” Feira de Gravuras da Chico Lisboa ” em 20/10/16 na Galeria Duque!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É com muita satisfação que agradecemos à ” ACRILEX – Tintas Especiais” patrocinadora do curso “EDUCANDO COM ARTE” , ministrado pela professora IVETE RAFFA , arte-pedagoga de SP.
Foram distribuídos aos professores participantes o ” Manual Artístico para Educadores Volume7″ , ferramenta tão importante no cotidiano do educador.

Foi um Sucesso Total!!

As duas turmas obtiveram total aproveitamento do curso, que uniu a teoria e prática com oficinas e técnicas inovadoras para o desenvolvimento dos seus projetos pedagógicos.

educando-com-arte-2016

 

 

 

Em 06/07/2016, recebemos a visita de 25 alunos Especiais da Cooperativa Social CRÊSER de Porto Alegre, que apoia jovens e adultos com Deficiência Mental. Estes alunos estudam arte com o Professor e artista Moacir Chotguis que ficaram muito atentos às explicações do mesmo e da artista Cláudia Sperb que também esteve presente.
Este encontro é mais uma das atividades da galeria e nos rendeu muita emoção e novos amigos!! Obrigado e voltem sempre!!

Visita de alunos ” ESCOLA de SURDOS SALOMÃO WATNICK ” – 20/06/16

Hoje recebemos a visita de um grupo de alunos especiais da “Escola de Surdos Bilíngue Salomão Watnick”, tornando nossa manhã mais agradável e produtiva. Agrademos a todos e estamos abertos para novos encontros.

Conversa com artistas em 11/06

Neste sábado, 11/06, aconteceu um encontro na Galeria Duque, com os artistas Daisy Viola, André Venzon, Claudia Sperb e Moacir Chotquis.

Apesar do frio intenso, a conversa entre artistas foi muito calorosa, receptiva e produtiva.
Quem teve oportunidade de comparecer pode ouvir dos próprios artistas a explicação de cada obra e o seu ponto de vista. Todos saíram muito felizes com o que viram e ouviram…
A Galeria Duque agradece aos artistas e a todas pessoas que por aqui passaram neste sábado frio.

 

A abertura das duas novas exposições foi demais, agradecemos a todos que vieram prestigiar este evento, e deixaram nossa noite muito melhor.

 

Os artistas Carlos Pessoa e Wilson Cavalcanti, o Cava, realizaram sua segunda visita guiada na Galeria Duque no último sábado, 19 de julho. Eles mostraram suas obras e explicaram seu processo de criação a um grande e interessado grupo de visitantes.

A exposição das obras dos dois artistas, paralela à mostra Artistas Brasileiros Fundamentais na Arte do Século XX, com acervo da própria Galeria, vai até o dia 2 de agosto. A visitação é das 10h45min às 19h de segunda a sexta-feira e das 10h45min às 17h nos sábados. A Galeria Espaço Cultural Duque fica na Rua Duque de Caxias, 649, no Centro Histórico de Porto alegre.

Venha nos visitar!

 

 

 

 

A Galeria Espaço Cultural Duque inaugurou na noite da última segunda-feira, 9 de junho, a mostra coletiva Artistas Brasileiros Fundamentais na Arte do Século XX, tenho como autores convidados Cava (Wilson Cavalcante) e Carlos Pessoa. Cava apresenta a exposição É… Meu Não Tão Belo Jardim, e Carlos mostra Fotogenia, Toda Foto é Invenção.

Dezenas de convidados do mundo das artes, profissionais e apreciadores, prestigiaram o vernissage. E foram recepcionados pela galeria e pelos artistas com um coquetel.

A exposição pode ser visitada até o dia 2 de agosto das 10h30min às 19h de segunda a sexta-feira e das 10h30min às 17h nos sábados.

 


A Galeria Espaço Cultural Duque inaugurou, na noite do dia 9 de junho, a mostra coletiva Artistas Brasileiros Fundamentais na Arte do Século XX, mais as individuais de dois autores convidados. Carlos Pessoa mostra “Fotogenia, Toda Foto é Invenção”.

Vejam o que o próprio artista fala sobre suas obras: “Na linha limítrofe entre uma imagem retida no olhar e outra que se transfigura através da criação naquilo que nunca poderá ser observado no real, explora-se uma possibilidade de construção visual híbrida ou transfigurada, onde somente o imaginário poderá devolver ao mundo uma ‘impressão’ inusitada de contextos e formas errantes, reaproveitadas para que, assim, desenhem novos significados. … Neste conjunto, apresento 13 fotografias digitais impressas em papel Fine Art, 100% algodão, realizadas entre 2011 e 2014”.

A exposição pode ser visitada até o dia 2 de agosto das 10h30min às 19h de segunda a sexta-feira e das 10h30min às 17h nos sábados. A Galeria Duque fica na Rua Duque de Caxias, 649, no Centro Histórico de Porto Alegre.

 

 

Cava (Wilson Cavalcante) é um dos autores convidados da nova exposição da Galeria Espaço Cultural Duque. O artista apresenta “É… Meu Não Tão Belo Jardim”. Aí está o que ele próprio diz sobre sua mostra.

“ É: terceira pessoa no presente do indicativo do verbo ser, uma afirmação positiva, não é um desejo do que viria a ser nem do que poderia ter sido. É ou não um fato ou uma pessoa, pode ou não estar presente, reivindica para si o aqui e o agora. Na exposição, os trabalhos apresentados estão divididos em três momentos: (*1) Ter Sido _ pinturas a óleo sobre oleado em pequenos formatos; Estar Sendo – desenho/pintura em técnica mista sobre papel ou tela; Há Ver _ caixa/objeto quase sempre em pequenas dimensões constituem uma série do encontro e dos desencontros entre desenho/pintura/objeto.

A maioria os trabalhos são compostos de retalhos de madeira que formam quinas, escadas, beiradas, quase molduras, quase caixas, casas, retábulos, são objetos simbólicos com rastros ou vestígios de tempo. São encaixes de coisas esquecidas que voltam a serem coisas. Tangem um barroquismo escuro a embaralhar cartas, reinventando outra realidade quer nas formas, na simbologia ou na sensorialidade dos materiais. Contendo restos de lembranças de um passado recente, procura restabelecer um ponto de contato entre a arte e a vida.

Restos de metal, madeira, pregos, arame, ossos, tecidos, plástico; tesoura, talheres, ferramentas extrapolam sua utilidade cotidiana, servem de desvio, de deslocamento de relações descontextualizadas, buscando uma analogia para além de ser somente suporte para o desenho ou a pintura. Pigmentos, terra, pó de mármore, limalha de ferro, trazem em si todas as lembranças de ‘“todos os homens desde que o mundo é mundo”’ (*2). Essa reciclagem de objetos e imagens produz fendas sutis com uma dose dessacralizadora da busca de outro lado, em que pode haver um outro sentido. …

*1 _ Borges, Jorge Luis – Ficções. Companhia das Letras, 2007, p. 21.

*2 – Hilst, Hilda _ Estar Sendo, Ter sido. Nankin Editorial, 1997.

A abertura das duas novas exposições da Galeria Duque, ” Um Acervo” e “Entre cores, traços e olhares: imagens e artistas gaúchos em perspectiva”, foi um sucesso total !!  Agradecemos a presença de todos que vieram prestigiar nosso evento e que contribuíram para que a noite de sexta feira, 13 de março, fosse uma noite realmente especial !!

 

Final de tarde festivo e agradável na abertura da nova exposição “Brasilidade” na Galeria Duque. A abertura foi no dia 05 de fevereiro. A exposição permanece até o dia 07 de março.
Agradecemos a todos que, apesar do forte calor, nos prestigiaram com sua presença!!

 

A Galeria Duque Espaço Cultural inaugurou, no dia 9 de agosto, a exposição Abstrações juntamente com o 20º Intercâmbio Internacional de Miniarte, que reúne 145 trabalhos de artistas visuais de seis países e é coordenado pela artista Clara Pechansky. O vernissage teve a presença de dezenas de artistas e apreciadores das artes, que não pouparam elogios à curadoria das mostras e à Galeria.

As mostras, que podem ser visitadas até o dia 30 de setembro, incluem ainda as exposições Para não dizer que não falei das…, uma coletiva de diversos autores com o tema flores, e Emociones, da artista Satyam Jemima. O 20º Intercâmbio Internacional de Miniarte fica na Galeria Duque apenas até o dia 6 de setembro.

A visitação é de segunda a sexta-feira das 10h45min às 19h e aos sábados das 10h45min às 17h. A Galeria Duque fica na Rua Duque de Caxias, 649, no Centro Histórico de Porto Alegre.

 

 

 

Na última sexta-feira, 11 de abril, a Galeria Espaço Cultural Duque ofereceu o vernissage de abertura da exposição “Poética-Encanto-Encontro”. Nem mesmo a forte chuva foi capaz de afastar os convidados da galeria, que prestigiaram o evento com entusiasmo e interesse pelas muitas belas obras expostas.

Contato

Siga-nos

Nossa Endereço

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282, Centro Histórico - Porto Alegre/RS

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br