convite_julho_2017(1)

 

                              

” Poesias singulares ”   de   15/07   à   19/08/2017

Picasso, Portinari, Iberê, Di, Magliani, Siron, Baril, Alices, Dali, Volpi

Uma das grandes questões da arte moderna e contemporânea é a noção de autoria, os criadores buscam forjar uma obra única, que contenha elementos expressivos pessoais, consequência de seus gestos e estruturas formais que compõe sua individualidade, necessidade tão particular no processo de reconhecimento resultante dessa valorização do singular, de representar o mundo interior do artista (a famosa “necessidade interior” evocada por Kandinsky), sua subjetividade, sua experiência pessoal.

A arte contemporânea divide com a arte moderna um vínculo comum com o regime da singularidade, que continua a definir, o ser um artista autêntico, ou não. Essa singularidade se apresenta e muitas vezes parece extrema aos olhos de muitos. Aos quais, provavelmente, com expectativas em relação à arte que pertencem ao paradigma moderno.

Nesta exposição, apresentaremos artistas que conseguiram conquistar uma singularidade em suas produções, suas obras são inconfundíveis, tem uma ‘marca registrada’.

Em tempo de individualidades, esta é uma busca de todos os artistas, independente da linguagem escolhida para o desenvolvimento de suas poéticas.

Daisy Viola

Artista plástica

Instrutora de artes no Atelier Livre Xico Stockinger da PMPA

Curadora desta exposição

 

Depoimentos

Contato

Siga-nos

Nossa Endereço

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282, Centro Histórico - Porto Alegre/RS

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br