Edgar Koetz (1914-1969) foi pintor, desenhista, gravador E artista gráfico . Dedicou-se, ao longo de sua carreira, ao desenho, à gravura e às artes gráficas. Fez parte do grupo de artistas gráficos que como capista e ilustrador, trabalhou para a Editora Globo, famosa por possuir uma seção de desenho dirigida pelo artista gráfico alemão Ernest Zeuner. Foi o capista predileto de Erico Verissimo, e atuou também na criação publicitária. Autodidata, foi um dos fundadores da Associação Riograndense de Artes Plásticas  Francisco Lisboa, em 1938, do Clube de Gravura de Porto Alegre, em 1950; e do Clube de Gravura de Bagé, em 1952. Foi um dos responsáveis pela abertura e atualização da arte gaúcha. Em 1945, passou a residir em Buenos Aires – na época o maior centro editorial da América Latina. Lá expôs e recebeu um prêmio da Câmara Argentina do Livro como artista gráfico pelo trabalho realizado na obra Juarez Maximiliano, de Franz Werfelpor . Participou da fundação da Escola Superior de Propaganda de São Paulo e ministrou cursos no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Foi o autor do selo comemorativo do IV Centenário da Cidade de São Paulo. A temática de sua obra é quase exclusivamente urbana. Desenhos e guaches do artista integram o acervo do MARGS Ado Malagoli e do Museu de La Plata.

 

Depoimentos

Contato

Siga-nos

Nossa Endereço

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282, Centro Histórico - Porto Alegre/RS

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br