• Daisy Viola; Mulher-casca de vermelho, 2006; Móbile - pintura acrílica e colagem sobre corpo de papel e tecido, 150x80 cm

Graça Craidy

Mora em Porto Alegre, RS, Brasil.

Artista plastica, publicitária e consultora de comunicação. Foi professora de Processo Criativo na ESPM Sul. Trabalhou em agências de propaganda, na área de Criação, de 1973 a 2015. Graduação, mestrado e doutorado (parcial) em Comunicação pela Famecos/PUCRS. Sua obra investe bastante em denúncia social, principalmente nas questões ligadas à violência contra a mulher, direitos humanos e abandono da velhice. Trabalha com acrílica, pastel oleoso, aquarela, e, também, arte digital. Sua expertise é retrato.FORMAÇAO :Publicitária e ex-professora de Processo Criativo na ESPM-Sul. Graduacão e Mestrado em Comunicação Famecos PUCRS (2007). Foi aluna do Atelier Livre desde 2011 . Desenho e Pintura com Renato Garcia, Desenho com Will Cava e Paulo Chimendes. Desenho com Claudia Hamerski. Pintura com Daisy Viola e Hô Monteiro. Aquarela com Carla Pilla. Desenho com Dalton de Lucca ( SP) Desenho e Pintura com Sonia de Franceschi na Accademia D’Arte (Firenze, Italia). Pintura com Deborah Paiva, Instituto Tomie Ohtake.(SP) Desenho com Gustavot Diaz. ( POA) Criatividade com Charles Watson. (POA) EXPOSIÇOES: 2014 – Arte e artista na orla – Ipanema ( POA/RS) ( coletiva), Feira Noa-Noa – Atelier Livre, Convocatória Lupi 100 Anos de Amor e Dor – Atelier Livre, Exposição da Oficina de Modelo Vivo – CCMQ ( coletiva), 2015 – Coleção Até que a morte nos separe, no Centro Cultural Zona Sul, no Salao do Atelier Livre, na Pinacoteca Ajuris, no TCE-RS, no Palácio da Justiça, na Assembleia Legislativa. (individual), Bienal C – Conexões (CCMQ – ( coletiva), Identidade:Desenho – Paço Municipal – Galeria Porão – (coletiva), Tardes de 4ª no Atelier Livre ( coletiva) Atelier Livre 20X20 Chico Lisboa – ( coletiva) Bolsa de Arte, 2016 – Desenhos do Corpo – CEEE Erico Veríssimo – (coletiva), Ícones, no Café do Porto – ( individual), É de tirar o chapéu- Gravura Galeria ( coletiva), Coleção Até que a morte nos separe na Assembleia Legislativa, no Memorial da Justiça Federal, no Memorial do Supremo Tribunal Regional, 4ª Regiao, no Hall do Tribunal Regional Eleitoral 4º Região. (POA/RS), Coleção Brasília Céu Inferno – Usina do Gasômetro ( ndividual), Bienal C Itinerante – Sesc/ Laejado e Vila Mimosa/Canoas, Coleção Livrai-nos do Mal – Palácio da Justiça – TJ RS (individual), Conexão Arte Casa de Pedra Canela, RS (coletiva), Identidade: Desenho II – Paço Municipal, Galeria Porão – (coletiva), Corruptos de Rapina – Pinacoteca Ajuris ( individual), Ilustrando Lendas do Sul– CCMQ ( coletiva), Lendas de um Continente Sulino– CEEE Erico Veríssimo (coletiva), 20X20 Chico Lisboa – Galeria Mamute ( coletiva), ( individual) Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo – Livrai-nos do Mal, 50 pinturas sobre violencia contra a mulher. ( março/abril 2017), ( Individual) Ícones – Café do Sesc Centro – POA/RS, ( Coletiva) Escolha suas asas – Gravura Galeria POA/RS, ( Coletiva) Quatro Poesias – Galeria Duque – POA/RS; LIVROS:. Capa do livro Mulheres que lutam – Losandro Tedeschi. Ilustração do Capítulo Violência Doméstica – Tratado do Direito das Familias IBDFAM, artigo Des. M. Berenice Dias. Ilustrações Lendas do Sul, de Simões Lopes Neto (3) IEL UFRGS. Ilustração Caderno Proa ZH, dez 2015- Violência doméstica. ( 4 paginas)

Depoimentos

Contato

Siga-nos

Nossa Endereço

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282, Centro Histórico - Porto Alegre/RS

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br