Inos Corradin

Inos Corradin (Vogogna, Itália – 1929 Estudou em Castelbaldo com o mestre Tardivello. Ao Chegar ao Brasil, em 1950, logo estabeleceu-se em Jundiaí, São Paulo.

Sua obra, desenvolvida durante o modernismo, não encontra similaridade em nenhum outro artista. Para ela, muito contribuiu o período passado na Bahia, a partir de 1953. Sua operosidade no campo das artes o levou também à dedicar-se à cenografia também na década de 1950.

Pintor de muita atividade, seu vasto currículo registra exposições em grande número, tanto individuais quanto coletivas. Sua primeira exposição internacional ocorreu em 1975,  na Galeria Debret, em Paris.

Artista figurativista, dedicou-se a paisagens, naturezas-mortas e figuras, tratadas estilizadamente, com cores e tons iluminados. Passou a infância e adolescência em Castelbaldo, província de Padova, onde teve aulas de pintura com Tardivello. Em 1947 trabalhou em um monumento em homenagem aos mártires da resistência italiana contra o fascismo, erguido em Castelbado. Muda-se para o Brasil em 1950, fixando-se em Judiaí, São Paulo. É convidado pelo pintor argentino Osvaldo Navarro a fazer parte do núcleo artístico do Atelier Cooperativa Politone, na Vila Mariana, São Paulo, em 1951. Visita em Salvador, em 1953, onde conhece diversos artistas, como Mário Cravo Júnior, Rubens Valentin, Caribè, Jenner Augusto e Mirabeau Sampaio, o crítico Wilson Rocha e o cantor e compositor Dorival Caymmi. Participou da equipe de cenógrafos do Balé do IV Centenário de São Paulo em 1954 e executa cenários para balés e peças teatrais para Rugero Giacobbi e Aldo Cravo. Instala-se em Ibiúna, SP, onde pintou e trabalha com os madeireiros, que na época tinham na madeira sua principal fonte de economia, no ano de 1957. Na década de 1960 conhece o seu primeiro marchand, Américo Reisfield, que após cessar suas atividades foi sucedido por Josef Bar-Tzion, que passou a representá-lo em exposições internacionais, cada vez mais frequentes. Em 1979 é contratado para pintar um cenário 8 x 11m para o teatro de Rovigo, na Itália. Recebeu o Prêmio Quadrivio de Pintura, na Itália. Em 1997 lança o livro La Visione Incantata, simultaneamente no Brasil e na Europa. Ao longo dos anos 2000 lança outros livros, lançados na Europa e no Brasil além de realizar trabalhos de ilustração. Em 2008 é lançado o documentário Inos, sobre sua vida artística e pessoal.

https://www.guiadasartes.com.br/inos-corradin/obras-e-biografia

Contatos

Contatos

Endereço:

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282,
Centro Histórico - Porto Alegre/RS

Email:

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br

Telefone:

(51) 3228.6900