Nasceu em Taquara (RS) em 1921. Inicia carreira em 1936 através de histórias em quadrinhos e, em 1939, trabalha profissionalmente para O Guri e Suplemento juvenil, no Rio de Janeiro. Seu desenho torna-se internacionalmente conhecido através da criação dos calendários da VARIG, e, em 1972, se destaca como o melhor do mundo em arte publicitária entre as companhias de aviação. Sua primeira individual foi na Galeria do IAB em Porto Alegre, 1974, com apresentação assinada pelo escritor Josué Guimarães (seu amigo pessoal) que assim se referiu:”[…] Nelson só agora resolve enfrentar o público como pintor, mas temeroso da decisão, revestido de modéstia, vacilante quanto ao valor de sua obra. Desenhista excepcional, estilo muito seu, técnica segura. Nelson não precisa abrir caminho”. Na década seguinte, baseado em personagens deste seu amigo escritor, Jungbluth faz-lhe homenagem através de individual na Cambona Centro de Arte, Porto Alegre. Participou de mostras coletivas e salões com regularidade. Realiza exposições periodicamente em Porto Alegre, cidade onde vive e trabalha inclusive com técnicas gráficas como a serigrafia. Está representado no acervo do MARGS, Porto Alegre, com Iemanjá, óleo sobre tela. Em 1995 realiza exposição de pinturas com Alice Brueggemann, Galeria Mosaico, e participa de A arte vê a moda, coletiva na Galeria Xico Stockinger, Casa de Cultura Mário Quintana. Em 1997 expõe Reencontros, série de pinturas, Galeria Mosaico, Porto Alegre, tentativa de resgate da figura paterna. Inspirando-sem em Alziro Jungbluth, fotógrafo na cidade de Rio Grande, RS, através do retoque, criou, de acordo com suas palavras, uma pintura monocromática “sem o contraste violento de cores”, conforme depoimento para o Jornal Zero Hora, em 7 de maio deste mesmo ano. Faleceu em 05 de abril de 2008 em Porto Alegre.

 

 

Depoimentos

Contato

Siga-nos

Nossa Endereço

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282, Centro Histórico - Porto Alegre/RS

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br