Gravador e escultor. Cruz Alta, RS, 1951. Saint-Clair Cemin cumpriu sua formação em ateliers públicos nos Estados Unidos. Estudou gravura em Paris, Atelier Calevert-Brun e na École Nationale Superieure des Beaux Arts. Estagiou no atelier de Tristan Bastit e no de Joelle Serve. Realizou ilustrações para Le Dernier Salon, especializada em arte e literatura. Em Nova Iorque trabalhou em gravura no estúdio de Roberto Blakburn (Printmaking Workshop) e no Pratt Graphics Center. Referindo-se ao gravador, em 1982 Jacob Klintowitz registrava para Zero Hora – Cultura: “É muito jovem, mas de alta qualidade”. Em 1997 mostra seis escultura na Galeria Camargo Vilaça, São Paulo. Em matéria assinada para o Caderno 2, página D7 de O Estado de São Paulo, de 5 de março, a crítica Angélica Moraes assinala: ” Sedutoras desde o primeiro olhar, as esculturas de Saint-Clair Cemin alimentam-se tanto de memória de formas arcaicas quanto de quebra de categorias estanques que caracteriza a contemporaneidade. Nascem da articulação afinada e criativa de fragmentos de história que podem vir da antiga Mesopotâmia, da Grécia ou mesmo do barroco mineiro” e, mais adiante, acrescenta: “Saint-Clair Cemin inverteu os pólos do chamado mecanismo consagratório do circuito artístico. Antes da sua obra ser apresentada ao Brasil na 22ª Bienal de São Paulo (1994), ele expôs na Documenta de Kassel (1992). Antes de chegar às melhores galerias brasileiras, já tinha conquistado espaços semelhantes na Europa e nos Estados Unidos”. Vive e trabalha em Nova Iorque.

 

Depoimentos

Contato

Siga-nos

Nossa Endereço

Rua Duque de Caxias, 649 - CEP: 90010-282, Centro Histórico - Porto Alegre/RS

contato@galeriaespacoculturalduque.com.br